domingo, 5 de fevereiro de 2012

A assessoria de João Carreiro e Capataz divugou nesta sexta-feira (03) nota à imprensa esclarecendo comentário veiculado ontem dizendo que a dupla era homofóbica.
Leia o comunicado oficial na íntegra:
"Saiu no Mix Brasil que a militância LGBT considera homofóbica a letra da música da dupla João Carreiro e Capataz, 'Bruto, Rústico e Sistemático'. O assunto foi levantado ontem (2), pela ONG ABCDS*, de Santo André. Quanto à questão só podemos lamentar tanta vontade de causar polêmica com algo que é tão claramente inocente e óbvio. A música retrata um personagem, um 'caboclo' simples, como diria João Carreiro, que é autor da canção assim como da maioria das músicas que canta, que não aceita e não entende as coisas que questiona na letra.
João Carreiro e Capataz não são homofóbicos, não querem ofender ninguem com suas canções. São só dois apaixonados por música sertaneja, suas histórias, seu palavriado e seus personagens e prova disso é que acabam de lançar um dos trabalhos mais magníficos do segmento, uma verdadeira obra de arte em homenagem à cultura caipira, o 'Lado A Lado B' que deveria ser ouvido por todo aquele que admira as tradições da música sertaneja."
Vale lembrar que em 2009 a canção 'Bruto, Rústico e Sistemático' foi trilha da novela "Paraíso", da Rede Globo.

Com informações: Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
Fonte: Rosely Rodrigues

Um comentário:

  1. Exagero dizer que trata-se de homofobia.


    Valerio / RS

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Popular Posts